ACESSE

Esquemão no Exército desviou pelo menos 150 milhões de reais, diz MP Militar

Telegram

O Ministério Público Militar no Rio de Janeiro denunciou um esquema de pagamentos de propina que teria funcionado 2005 e 2010 e envolvia fraudes em dispensa de licitação e em contratos celebrados entre o Departamento de Engenharia e Construção do Exército e fundações privadas.

O caso será analisado pelo Superior Tribunal Militar, o STM.

Foram denunciadas 11 pessoas, entre militares e civis, incluindo três coronéis da reserva, um coronel e dois majores da ativa. O grupo, de acordo com a denúncia, desviou pelo menos 150 milhões de reais dos cofres públicos.

Comentários

  • Canuto -

    Se a MARIA DOS PRESIDIÁRIOS E A GREISE ROBEFAM derem entrevista defendendo-os, é garantia de culpa.

  • Del -

    Tem gente que acha que as FFAA estão imunes a corrupção. Muita calma nessa hora.

  • -

    Hmm, estranha essa denúncia justo qdo se fala em intervenção.

Ler 107 comentários