Esquerda? Eu?

A Folha de S. Paulo perguntou a Marta Suplicy se ela ainda se considerava de esquerda.

Ela respondeu:

“Olha, eu nunca nem me coloquei assim, né? Eu acho que neste mundo hoje depende do que você chama de esquerda. Tem valores tão, tão retrógrados que são chamados de esquerda que eu não me identifico em absoluto. Eu tenho valores que eu diria que são cada vez mais de inclusão das pessoas, de respeito à cidadania”.

Faça o primeiro comentário