ACESSE

“Essa festa vai acabar”, diz Bolsonaro sobre multas do Ibama

Telegram

Depois de participar de solenidade na Academia Militar das Agulhas Negras, em Resende, Rio de Janeiro, Jair Bolsonaro afirmou neste sábado que não vai mais admitir que o Ibama saia “multando a torto e a direito”.

“Não haverá mais aquela briga do Ministério da Agricultura e o Meio Ambiente. Eu quero defender, sou defensor do meio ambiente, mas não dessa forma xiita como acontece, não”, afirmou.

“Não vou mais admitir o Ibama sair multando a torto e a direito por aí, bem como o ICMbio [Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade]. Essa festa vai acabar.”

Os generais acompanham as primeiras ações do futuro governo — e não aprovam tudo... LEIA AQUI

Comentários

  • El -

    Que país será esse hein? O.o Até a garimpos e madeireiros ilegais será livre então?.. Bom, é melhor jair despedindo dos acordos comerciais com os europeus :/ Pra eles esse assunto é uma priori

  • RAFAEL -

    Tem que acabar com essas multas ridículas mesmo... O cara ser multado em 10 mil reais, porque está pescando num bote com uma varinha é palhaçada. Enquanto isso, coisas muito piores acontecendo

  • Presidente-XVII -

    O que o capitão falou é na indústria de multas, que se estabelece nos órgãos que administram o trânsito, a pesca, a coleta de frutas, etc, etc. É o ativismo das multas que tem que cessar.

Ler 73 comentários