Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

"Essa tecnologia deve ser usada apenas para salvar vidas"

Para o pesquisador israelense Tal Mimran, o software Pegasus tem cumprido bem seu papel de combater crimes como pedofilia e terrorismo
“Essa tecnologia deve ser usada apenas para salvar vidas”
Foto: Digitalpfade/Pixabay

Em entrevista à Crusoé, Tal Mimran, diretor de pesquisa do Centro Federmann de Pesquisa em Segurança Cibernética da Universidade Hebraica de Jerusalém, afirmou que o software Pegasus tem cumprido bem seu papel de combater pedofilia, terrorismo e tráfico de drogas, mas que é preciso adotar mais medidas para que o programa não seja usado para outros fins.

No domingo, um consórcio de veículos de imprensa internacional revelou uma investigação que aponta que o sistema foi usado para “hackear” telefones de jornalistas, autoridades de governo e de ativistas dos direitos humanos.

No caso do Pegasus, o objetivo final desta tecnologia é salvar vidas, prevenindo o terrorismo e crimes graves. E o trabalho feito até agora não deve ser descartado facilmente (…). Novas tecnologias sempre oferecem uma oportunidade e um risco. Essa tecnologia deve ser usada apenas para salvar vidas, e é preciso assegurar que a busca por esse objetivo sagrado esteja acontecendo.”

Leia aqui a íntegra da entrevista.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO