Esse destaque atrapalha o trabalho intermitente, defende Samuel Moreira

Esse destaque atrapalha o trabalho intermitente, defende Samuel Moreira
O relator da comissão especial da Reforma da Previdência, Samuel Moreira, participa de reunião com técnicos e consultores no Ministério da Economia.

A Câmara vota agora um destaque do PT para retirar da reforma da Previdência o texto que  desconsidera, para contagem do tempo de contribuição para a Previdência, contribuições que estejam abaixo do piso mínimo de cada categoria.

Samuel Moreira, relator da proposta na comissão especial, subiu à tribuna para explicar o que o trecho muda e defendeu que o texto não seja desidratado.

“Este por exemplo é um destaque que nós não podemos deixar passar. Não pode tirar essa regra do texto porque ela foi feita para o trabalhador intermitente. Permite, agora, que o trabalho intermitente, que não é um trabalho frequente e conta-se por tempo indeterminado, possa agregar os tempos e os pagamentos e faça que ele conte para a aposentadoria, que é contributiva.”

Quem é o nome que agrada o mercado, se Guedes sair. Mais aqui
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO