“Esse dinheiro é do Zé”

Fernando Moura disse a Sérgio Moro que recebeu R$ 2,3 milhões em propina de um contrato da Camargo Corrêa com a Petrobras. José Dirceu, segundo ele, ganhou o dobro.

O delator narrou ainda um episódio em que foi buscar com Júlio Camargo, a mando de Silvio Pereira, um pacote com R$ 375 mil. “Esse dinheiro é do Zé”, disse Silvio Pereira.

Moura contou que entregou o pacote a Milton Pascowitch.

Faça o primeiro comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

1200