“Está dando tudo certo”

Depois do impeachment, Michel Temer não vai mexer no governo, segundo o Valor.

“Está dando tudo certo, é a avaliação nos gabinetes do Palácio do Planalto.”

Em particular, o governo consolidou uma maioria de dois terços no Congresso Nacional que pode permitir a aprovação dos principais projetos da área econômica, como o teto da despesa pública.

“Os partidos e os ministros prometeram garantir os votos no Congresso, e estão entregando rigorosamente o acertado. Nos dois meses iniciais o governo Temer teve dois terços, e em alguns casos até mais, para aprovar a nova meta de deficit fiscal, a DRU, ainda por cima majorada de 20% para 30%, o estatuto da empresa pública, entre outras questões menos dramáticas que não exigiam quórum qualificado. Nas contas do governo, a base está consolidada e a oposição reduzida a entre 100 e 110 votos.”

Faça o primeiro comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

1200