"Estabilidade não é uma cláusula pétrea"

O ministro do Planejamento, Esteves Colnago, disse hoje que foi apresentada à equipe de transição uma proposta para flexibilizar a estabilidade dos servidores públicos.

No entender dele, é possível “aprimorar a possibilidade de medir o desempenho dos servidores e caminhar para o processo de demissão”.

“Estabilidade não é uma cláusula pétrea. [A proposta] permite caminhar para algum tipo de flexibilização e regulamentar em lei. Poderia regulamentar isso de forma mais clara em uma lei, como meço [o desempenho do servidor]. Temos a ideia, que sempre existiu. A gente precisa sair do plano de ideias e ir para o plano de ação.”

Comentários

  • M -

    50% vai se aposentar nos próximos anos, a outra metade não tem aumento e não vai mais ter concurso público, se começar a demitir servidor público pode fechar escolas e hospitais que vai faltar g

  • cristina -

    Faz muito bem! Estabilidade é o primeiro estágio para a ineficiência. Os parâmetros deveriam ser meritocracia, produtividade e resultados. Dinheiro público não é para bancar castas.

  • Claudio -

    Bullshit!

Ler 128 comentários