ACESSE

Estadão comenta tabelamento do frete

Telegram

O Estadão, em editorial, comenta a medida provisória aprovada pelo Congresso que estabelece o preço mínimo para o frete.

“Mesmo tendo causado tantos danos aos cidadãos brasileiros e à economia nacional durante os 11 dias em que obstruíram estradas e impediram a distribuição de todos os tipos de produtos, inclusive remédios e alimentos, os grevistas serão beneficiados por um tabelamento que lhes assegurará automaticamente o preço pelo qual teriam de batalhar caso fosse mantido o regime de concorrência no setor em que operam. E serão premiados com a suspensão das sanções que com justiça lhes foram impostas, caso o Executivo não vete essa vergonhosa artimanha de impunidade.

O País paga um preço altíssimo pelas consequências da criminosa greve realizada pelos caminhoneiros na segunda quinzena de maio”.

Comentários

  • Luiz -

    O país paga um preço altíssimo causado pela forte intervenção do estado numa lei natural que é a da oferta e da demanda. Quando o governo Dilma, abriu o caixa do BNDES para "ajudar"a indústria de caminhões do Brasil, com os programas de renovação de frotas e o pró-caminhoneiro.

  • CAMINHONEIROS -

    BRASILEIRO É INIMIGO DE BRASILEIRO: VEJAM O COMENTÁRIO DESSE ELEMENTO: Nelson disse: 15 de julho de 2018 às 22:00 Sim. Desde o primeiro dia me causou espanto ver populares dando suporte aos grevistas. Não sabiam que a conta chegaria para eles mesmos tal o grau de alianação do brasileiro.

  • CAMINHANDO -

    LEMBRANDO DA FILÓSOFA DO VENTO ESTOCADO: . QUEM GANHAR OU PERDER, NÃO VAI GANHAR NEM PERDER, TODOS VÃO PERDER... A BULGARA TERRORISTA ACERTOU SEM QUERER SEM NUNCA IMAGINAR QUE UM GREVE ABSURDA ESTRAGARIA AINDA MAIS A PÉSSIMA SITUAÇÃO DO BRASIL. NESSE CASO TODOS VÃO PERDER INCLUSIVE OS TROUXAS.

Ler 34 comentários