Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

"Estaríamos nos submetendo a um relacionamento com domínio e submissão"

A ameaça do general Braga Netto, como temos mostrado, dificultou ainda mais as chances de PEC do voto impresso avançar no Congresso
“Estaríamos nos submetendo a um relacionamento com domínio e submissão”
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

A ameaça do ministro da Defesa, general Walter Braga Netto, sobre as eleições de 2022, como temos mostrado, dificultou ainda mais as chances de PEC do voto impresso avançar no Congresso. 

O deputado Fábio Trad (PSD-MS), que assinou requerimento de convocação de Braga Netto pela Câmara, afirmou:

O Congresso não pode abaixar a cabeça. Se a Câmara votar favorável à PEC, a sociedade vai imaginar que foi por conta da ameaça feita pelo Braga Netto. Assim, estaríamos nos submetendo a um relacionamento com domínio e submissão, com ameaças e chantagens. Isso fulminaria e aniquilaria o princípio da tripartição dos Poderes. Seria a declaração de um regime ditatorial.

Na quinta-feira, Trad disse a O Antagonista que Braga Netto precisa ser demitido se a “ameaça golpista” for confirmada. O ministro da Defesa nega ter feito o ataque.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO