ACESSE

"Estou sentindo um clima de 'salve-se quem puder'"

Telegram

Após as revelações de Sergio Moro, a oposição defende processo de impeachment de Jair Bolsonaro e vários pedidos de CPIs foram elaborados — assinaturas estão sendo colhidas.

Mas há parlamentares muito mais preocupados com a pandemia do novo coronavírus.

“Ninguém está respeitando o isolamento social. Estou sentindo um clima de ‘salve-se quem puder’. O Bolsonaro jogou o povo contra prefeitos e governadores e chegamos ao pior cenário: uma crise política sem precedentes em meio a uma pandemia politizada. Só Deus na causa”, disse a O Antagonista o deputado José Nelto, do Podemos de Goiás.

O senador Plínio Valério, do PSDB do Amazonas, defende que o novo coronavírus deve ser “o inimigo comum” de todos neste momento.

“Acho o impeachment um instrumento democrático e válido, também enxergo fortes argumentos. Porém, neste momento de guerra contra o inimigo comum, avançar com um processo de impeachment seria apagar fogo com gasolina. O momento é de pensar e ajudar aqueles que, trancados em suas casas, assistem, sem nada poder fazer, suas vidas tomarem rumos opostos aos seus sonhos.”

Leia também: MORO FORA DO GOVERNO: NÃO ERA FOFOCA; É JORNALISMO

Comentários

  • Eduardo -

    Aí o Brasil se livra da Covid e é destruído pelo “mito”. Isso é papo pra boi dormir. Impeachment já!

  • Nelma -

    O pior inimigo é Bolsonaro.

  • RICARDO -

    Ou seja, novo acórdão sendo parido.

Ler 104 comentários