Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

A estreia do "teen" do Ministério do Trabalho

No mesmo dia em que o jovem Mikael Tavares Medeiros assumiu a função – da qual será retirado – de gerir os pagamentos da Coordenação Geral de Recursos Logísticos do Ministério do Trabalho, seu nome aparece nos registros de acesso ao Sistema Integrado de Administração Financeira (Siafi) do governo federal ordenando pagamentos de R$ 27 milhões à B2T, registra O Globo.

“A empresa de tecnologia é suspeita de superfaturar contratos com a pasta, conforme auditoria do Ministério da Transparência e Controladoria Geral da União (CGU). Os pagamentos ocorreram no dia seguinte, no valor de R$ 22,49 milhões, e em 3 de janeiro deste ano, na quantia de R$ 4,5 milhões.”

O Antagonista registrou o caso no segundo semestre do ano passado.

CGU identifica contratos irregulares no Ministério do Trabalho

O PTB dá trabalho

Ministério do Trabalho vai trocar cargo do “teen” Mikael

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO