Estudo da Coronavac entra na fase final de aprovação

O estudo da fase 3 da Coronavac atingiu o número mínimo necessário de infectados para o início da fase final de testes.

Ao todo, 74 dos 13 mil voluntários foram diagnosticados com a doença. Para a abertura do estudo, era necessário que ao menos 61 pessoas testassem positivo.

Agora, o Instituto Butantan fará a análise dos resultados do estudo clínico para identificar a eficácia da vacina.

“A boa notícia, e o motivo por qual estamos aqui no Instituto Butantan, é que o Instituto Butantan detalha a fase final para a aprovação da CoronaVac tendo atingido o número mínimo de infectados e isso é a possibilidade de permitir a abertura do estudo clínico e a análise destes resultados”, disse o secretário de Saúde de SP, Jean Gorinchteyn.

Leia mais: Quem acredita em “vacina do Doria” ou “vacina do Bolsonaro” precisa abrir os olhos.
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 18 comentários
TOPO