ACESSE

Estupradores liberados, Maria do Rosário em silêncio

Telegram

Maria do Rosário, defensora da manutenção da idade penal, ainda não comentou nas redes sociais a notícia do Globo de que os três adolescentes apreendidos em razão de estupro coletivo e espancamento no Piauí de quatro meninas, que ainda foram arremessadas de um morro, deixaram o centro de internação no domingo, após cumprirem três anos em restrição de liberdade.

Eles vão passar mais dois anos em semiliberdade, morando em abrigo, e seis meses prestando serviços à comunidade.

“O clima na cidade [de Castelo do Piauí] é de revolta. A promotora de Justiça responsável pelo caso, Francisca Lourenço, disse que não cabe recurso contra a decisão da Justiça de liberação. Isso porque os jovens cumpriram o máximo possível permitido pela lei: três anos de restrição total de liberdade.”

Enquanto isso, Maria do Rosário ataca Bolsonaro no Twitter, dizendo que “ele sempre pregou o ódio”.

Cem anos de prisão

Bolsonaro presente e futuro

Bolsonaro X Haddad: você sabe o que a grande imprensa não conta sobre o duelo presidencial? Descubra aqui AQUI

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 150 comentários