Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

“Eu desconheço essa conversa”, diz reverendo Amilton, sobre citações a Jair Bolsonaro

Em mensagens, o cabo Luiz Paulo Dominguetti cita uma eventual participação do presidente da República nas tratativas com a Davati
“Eu desconheço essa conversa”, diz reverendo Amilton, sobre citações a Jair Bolsonaro
Foto: Pedro França/Agência Senado

O reverendo Amilton Gomes de Paula disse há pouco à CPI da Covid que desconhece qualquer menção feita a Jair Bolsonaro nas mensagens enviadas ao cabo Luiz Paulo Dominguetti, durante as tratativas entre a Senah e a Davati para a venda de vacinas contra Covid ao Ministério da Saúde.

“Era uma conversa entre duas pessoas. Eu desconheço [as menções a Jair Bolsonaro]. Eu não estive como presidente Bolsonaro e essa conversa eu desconheço”, disse o religioso.

“Eu estava recebendo pressão de Cristiano [Dias – representante da Davati] e Dominguetti para dar prosseguimento aos pedidos dos dois”, justificou o reverendo.

Como mostramos com exclusividade, em 8 de março Dominguetti conversou com um contato identificado em seu celular como “Rafael Compra Deskartpak”. Naquele dia, Dominguetti reencaminhou para o interlocutor quatro mensagens que diziam o seguinte: “Manda o SGS. Urgente. O Bolsonaro está pedindo. Agora”.

“SGS” é um certificado que garante que o produto — no caso, as supostas vacinas — passou por todas as etapas dos processos exigidos por órgãos reguladores.

Integrantes da CPI suspeitam que o autor dessas mensagens enviadas a Dominguetti e reencaminhadas a “Rafael Compra Deskartpak” seja o reverendo Amilton Gomes de Paula.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO