"Eu espero que a vacina chegue antes da segunda onda", diz Caiado

“Eu espero que a vacina chegue antes da segunda onda”, diz Caiado
Foto: Carolina Antunes/PR

Ronaldo Caiado afirmou há pouco que espera que o Brasil tenha uma vacina contra Covid-19 disponível, “no máximo”, em fevereiro.

Após reunião com Luiz Eduardo Ramos, no Planalto, o governador de Goiás esquivou-se de perguntas sobre a necessidade de adoção de novas medidas restritivas, considerando o aumento de casos de Covid-19 no país.

“Tem a informação de que o Reino Unido está vacinando a população. Se Deus quiser, isso que é uma realidade hoje no Reino Unido, eu espero que isso chegue no máximo em fevereiro, vamos poder começar a vacinar os grupos de risco, dando um retorno definitivo para a realidade.”

E acrescentou:

“É lógico que eu mantenho todos os hospitais, mantenho todos os leitos. Mesmo com ocupação de 38%, 40% em algumas regiões, mas eu mantenho todos os leitos preservados para caso precisamos em uma segunda onda. Eu espero, se Deus quiser, que a vacina chegue antes da segunda onda.”

 

Mais lidas
  1. PDT acusa Bolsonaro de peculato por compra de leite condensado

  2. O bolsonarista Eduardo Cunha

  3. ENTREVISTA: Wilson Lima diz que Pazuello ajuda a 'agilizar demandas', mas que 'ainda falta oxigênio'

  4. Sobra leite condensado, falta transparência do governo

  5. Assessor de Bolsonaro chama Doria de 'corno', e Fábio Faria endossa

Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 21 comentários
TOPO