“Eu falo abuso, mas foi estupro”

A ministra Damares Alves falou sobre seus estupradores para o UOL. Trata-se de um relato pavoroso:

Fui abusada por dois religiosos. Da primeira vez, foi um missionário da igreja evangélica que frequentávamos na época, em Aracaju. Ele foi enviado de uma outra igreja para a minha cidade e ficou hospedado na minha casa. Chamo ele de ‘falso pastor’ porque era um pedófilo fingindo ser pastor. Ele foi às vias de fato comigo. Eu falo abuso, mas foi estupro. Foram várias vezes em um período de dois anos. Começou quando eu tinha seis anos e a última vez que o vi estava com oito. Uma das cenas que lembro bem é: eu estava dormindo no meu quarto, que era ao lado do de meus pais. Estava sonhando que segurava uma coisa quente e, quando, abri os olhos, estava segurando o pênis desse homem. Senti pavor, medo e dor. Da primeira vez que me estuprou, ele me colocou no colo, olhou na minha cara e disse: ‘Você é culpada, você me seduziu, você é enxerida’. Ele dizia que seu eu contasse para o meu pai, ele o mataria.

O segundo religioso fez a mesma coisa?

Ele também frequentava nossa casa. Eu e tornei uma presa fácil porque depois do primeiro abuso tinha muito medo e achava que o primeiro tinha contado para o segundo. Ele não foi às vias de fato. Eu me recordo de quatro momentos. Passava a mão no meu corpo, me beijava na boca, me colocava no colo. Uma vez ejaculou no meu rosto.

Até o general Hamilton Mourão já comentou a história do ex-motorista de Flávio Bolsonaro CONFIRA AGORA

Temas relacionados:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

  1. mais uma desvairada do futuro desgoverno( infelizmente ) do bolso, o breve. um assunto, se verdadeiro , altamente delicado para vir ser tratado em público.ajuda aos defensores do joão do dedo.

Ler mais 93 comentários
  1. mais uma desvairada do futuro desgoverno( infelizmente ) do bolso, o breve. um assunto, se verdadeiro , altamente delicado para vir ser tratado em público.ajuda aos defensores do joão do dedo.

  2. São fatos assustadores e triste, mas eu tenho duvidas sobre os relatos dos religiosos. Uma vez eu estava dormindo e ouvi um falatório, na madrugada eu fui ver, era o meu irmão conversando com Jesus

  3. As pessoas que riram dela, debocharam, humilharam, sem saber a verdade, somente por seguir a boiada, fazer o jogo se soubessem a realidade do que aconteceu não fariam isso, boa parte não.

  4. Dois demônios como tantos outros nesse inferno em que vivemos! E ainda têm os que acham que os demônios não existem! Deus te CURE, senhora, só Deus mesmo para te curar! É terrível demais!

  5. Que horror! Se recuperar de algo tão horrível é muito difícil. Imagina o sofrimento para uma criança de 6 anos! E ainda de gente desumana que tem o despudor de debochar de tamanha infelicidade.

  6. O relato é Bizarro demais para ter um comentário sério. “Ver Jesus” e “Gozada na cara” …PQP! Parece que o relato é feito para despertar ódio..sei lá..PQP! De facto, é o post mais tosco de

  7. Mesmo com os crimes prescritos, a ministra deveria dar nomes aos dois. Registrar B.O. Vai saber se não continuam a fazer vítimas por aí. Religiosos, de qualquer religião, não são divindades!

  8. CADÊ AS FEMINAZIS ? Cadê essas militantes da esquerda infiltradas no movimento feminista da terceira onda ? Não apenas ignoram, mas ridicularizam esse relato dramático, pois a vítima é de DIREIT

  9. A maioria dos estupros ocorre em casa, sendo o agressor membro da família ou conhecido da mesma. É necessário sim, falar sobre o estupro e pedofilia. A min. Damares deu voz à dor de muitas crian

  10. Exatamente por incomodar a tantos aqui e em outros lugares, que ela acho fundamental que ela fale. Eu fui quase abusado por uma tia. Parece normal. Não é. Crianças não estão prontas. Ponto.

  11. Colocar gente estranha dentro de casa, independente de sua função na Igreja ou qualquer outro meio de socialização é a maior furada, quem tem criança deves cuidar bem, meia cupa dos pais dela.

  12. Infelizmente, histórias que se repetem. Em todos os lares acontece isso de alguma forma. E as famílias continuam negligentes com suas crianças!!!! Maria do Ossário, cadê a solidariedade dos huma

    1. Agora, ela é uma pessoa pública, e como tal ao expor o seu infortúnio, com certeza, ajudar a muitas pessoas que passam pela mesma situação.

  13. Quando a midia focaliza uma experiencia religiosa, ou um estrupador, ou o roubo de “um” em terra que se roubam bilhões, é porque ela quer entreter e desviar a atenção do principal.

  14. Concordo. Pior é que parece que ela está tomando a coisa como uma justificativa para implementar medidas que facilitam ainda mais os argumentos de domínio da esquerda, ou seja, vingança pessoal.

  15. Primeiro, fica claro que não se ter imagens não livra ninguém de ser filho do capeta, como dizem alguns. Em segundo lugar, quase toda familia tem casos de abusos secretos. Mais denúncias é precis

  16. É um verdadeiro abuso por parte de esquerdistas, tratar a história dessa Senhora, com desdém, com galhofa. Não vi esse pessoal dos Direitos Humanos, dar sequer uma nota se solidarizando com ela.

    1. Ela foi abusada, triste… e ficou doida. Ela não é normal. Ela tem que se tratar, não ser ministra. Como ela acha que ninguém ficou com pena dela na primeira história, está se expondo mais agor

  17. Um pastor mora na casa dela por 2 anos e aí vem outro pastor e tb mora na casa,é estuprada no quarto ao lado do quarto dos pais e ninguém desconfia uo ou percebe algo?Muito esquisita a estória.

  18. Os crentes ficam criticando os espiritas por causa do caso do Joao de “deus”, dizendo que é a prova de que o espiritismo é coisa do mal, o que falar dos evangélicos no caso dos pastores estu prad

    1. Concordo plenamente e Bolsonaro tem um projeto de lei sobre a castração PL5398/2013 que foi arquivado em 2015 e depois reaberto.

  19. Tentam forçar pautas com mentiras deslavadas. Pastor que fica hospedado em casa de fiel? Livro educando sobre homofobia que vira Kit Gay. Malafaia diz que ser gay é comportamento, psicológico.

  20. Se tivéssemos leis duras, pesadas pra certos crimes no Brasil, pensariam duas vezes antes de fazer, roubos seguido de mortes, estupradores, corruptos todos deveriam ser no minimo prisão perpetua.

    1. André, sujeito ignorante. Esse é BOLSOMINION de carteirinha. É o “PTista” da direita. Bolsonaro está mal de eleitor

  21. Eu fico feliz quando um corrupto vai preso… Mas existem muitos que fogem da justiça, usam capa de falsa santidade ou se beneficiam da impunidade… Mas um dia darão conta a Deus. Como creio nisso.

  22. E 100% da militância de esquerda mais 95% dos jornalistas fizeram piada sobre o relato de estupro e a desistência do suicídio ante a visão que ela teve de Jesus. Entenderam agora o que é esquerda

  23. Vale lembrar que Magno Malta acusou de pedofilia um inocente e ela é do gabinete dele. NÃO ACREDITO EM UMA PALAVRA. É estuprada por pastores, vai se matar e vê Jesus, aham. Devia ter raiva de Jesu

  24. Esses estrupadores, esses ladrões, esses que, por falsas leis, empobrecem a população, talvez podem se enganar, mas um dia darão conta de si a DEUS. AÍ não terão como usar máscaras

  25. Isso sim é doloroso. Ministra, tento ler seus relatos e não vou adiante. Que Jesus realmente tenha te confortado. Por vítimas assim que tenho nojo de CORRUPTO, quanto maior a capa de santidade, pio

  26. Damares parabéns por escancarar sua violentação quando criança. Pode ser duro para você, mas é libertador também e, decerto, está ajudando muita gente a se libertar de suas prisões interior

    1. Essa pessoa está para assumir um cargo público importante. Vejo que pelo drama que passou na infância talvez não esteja à altura do cargo, sinto muito.