Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

“Eu já vi esse filme na CPI do Mensalão”, diz Tebet, sobre legalização do orçamento secreto

Senadora criticou convocação às pressas de uma sessão do Congresso Nacional para deliberar sobre emendas de relator-geral
“Eu já vi esse filme na CPI do Mensalão”, diz Tebet, sobre legalização do orçamento secreto
Foto: Pedro França/Agência Senado

Em pronunciamento realizado há pouco no plenário, a senadora Simone Tebet (MDB-MS) criticou a convocação de uma sessão do Congresso Nacional para apreciar um projeto de resolução que regulamenta o orçamento secreto. A votação acontece amanhã (26).

Como mostramos, os parlamentares vão votar o parecer do senador Marcelo Castro (MDB-PI), que regulamenta as chamadas emendas de relator-geral a partir do ano de 2022.

Além disso, como revelamos em primeira mão, será publicado um ato conjunto das duas mesas diretoras para, teoricamente, dar cumprimento à decisão do STF sobre o orçamento secreto. Mas nesse ato, não haverá a publicação do nome dos deputados e senadores que indicaram a destinação das emendas de relator-geral.

“Eu quero aqui, com todo o carinho que tenho à Mesa Diretora, com todo o respeito que tenho aos colegas e com a experiência, ainda que não grandiosa como a experiência de muitos dos senhores que estão nos ouvindo, dizer que eu já vi esse filme na CPI dos Anões do Orçamentos, no Petrolão, no Mensalão”, disse a parlamentar (foto), que complementou.

“Que imagem nós vamos passar para a sociedade e para a mídia? Que nós estamos querendo votar uma resolução no açodamento porque tem alguma coisa de errado – e, provavelmente, não tem nada de errado.”

Mais notícias
TOPO