Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

"Eu quero ser um radical de Brasilzão"

Mandetta diz que sua candidatura a presidente é "radical de centro"
“Eu quero ser um radical de Brasilzão”
Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado

Luiz Henrique Mandetta, em palestra com comerciantes de São Paulo, fechada para o público, disse que o candidato de centro não pode ser “amorfo”.

Ele disse também, de acordo com o Valor:

“Eu quero ser um radical de centro, um radical de bom senso, radical de coisas bem feitas, um radical de Brasilzão”.

Se for necessário, porém, Mandetta está pronto para retirar seu nome da disputa:

“Estou aqui para ajudar. A não candidatura também é um ato político de união para este país.”

Leia mais: Assine a Crusoé e apoie o jornalismo independente.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO