“Eu respeito a loucura de cada um”

O Antagonista apurou que os sub-relatores Hugo Leal e Delegado Francischini devem acrescentar seus posicionamentos no voto em separado que o senador Lasier Martins apresentará amanhã na CPMI da JBS. As assessorias dos parlamentares estão reunidas neste momento.

Hugo falou com o site sobre o relatório-final de Carlos Marun:

“Eu respeito a loucura de cada um, mas se quiser indiciamento, eu estou fora. É sem pé nem cabeça. Não pode. Fica parcial. Só o Ministério Público é equivocado?”

Para o deputado, encerrar os trabalhos da comissão neste momento “é um acinte”: “Não me conformo”.

Leia mais:

Relatório de Marun com indiciamento de Janot pode ser substituído

Comentários temporariamente fechados.

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Ler mais 6 comentários
  1. Ninguém com um mínimo de decência pode apoiar o relatório de um sujeito como Marun. Claramente uma peça de vingança sob encomenda pelo presidente que foi pego em flagrante de delito, combinando propina de viva voz gravado. Só quadrilheiro apoiará.

  2. É tão bom ver o desespero e o esperneio de vocês com mais esta derrota do Janot, Antagonistas… Nem imagino o que poderá ocorrer quando ele for indiciado – espero bem que a coisa seja fatiada em 3, que é para ele e vocês verem o que é bom para a tosse – e começarem a berrar. Ele de agonia e vocês de raiva. Mal posso esperar…

    1. Primeiro que CPI não tem poder de indiciar ninguem. Segundo, pelo rancorzinho do seu comentário pró-bandido-3%, estou certo de que ou é cúmplice de crime, ou dependente de dinheiro criminoso. Espera sentadinho viu?

    2. Derrota do Janot? kkkkkkkkkkk ser indiciado por Marun com uma peça de relatório dessa qualidade de 💩 é um ponto a favor do Janot, deve estar rindo desse otário.

    3. A cobra vai fumar mesmo quando a Raquel Dodge, que de boba não tem nada, começar a investigar os vazamentos seletivos da Lava Jato à mídia. É só comprar a pipoca e o guaraná.