“Eu tenho dinheiro, só não tenho a origem”

Por falar em campanha para as eleições municipais, um candidato a uma prefeitura de uma capital foi até o tesoureiro do seu partido para conversar sobre financiamento de campanha. Travou-se o seguinte diálogo:

“Está muito difícil arrecadar”, disse o tesoureiro.

“Mas eu tenho dinheiro”, respondeu o candidato.

“Que ótimo!”, respondeu o tesoureiro.

“Eu só não tenho a origem do dinheiro. Tem como dar jeito?”, perguntou o candidato.

Faça o primeiro comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

1200