ACESSE

Evair de Melo: "Entramos tarde e sem estratégia na luta contra a Covid-19"

Telegram

O Antagonista perguntou a deputados e senadores, de todos os partidos, que visão eles têm hoje da pandemia e o que acham que ainda precisa e deve ser feito.

Chegamos ao início de junho com seguidos recordes diários de registros de mortes: já são mais de 34 mil óbitos e 614 mil casos confirmados da doença no país, que continua se espalhando sem previsão concreta de pico ou coisa que o valha.

O deputado Evair de Melo, um dos vice-líderes do governo na Câmara respondeu:

“Nós erramos na entrada. Praga se controla por medida preventiva. Entramos tarde e sem estratégia na luta contra a Covid-19. Foi um erro a decisão do STF de delegar as decisões a estados e municípios, porque governadores e prefeitos não tinham noção do que estavam fazendo. Perderam o controle. Assim como acontece com a praga na lavoura, uma vez infestado [o novo coronavírus disseminado], o controle é muito mais difícil e os danos são incalculáveis.”

Para o deputado, a quarentena foi instituída “sem estratégia” e agora é preciso “repensar estratégia” e “cuidar da economia”. O argumento do deputado é o de que, “sem a economia funcionando, morrem os contaminados e todos os outros”.

Leia também: Lições da gripe espanhola de 1918 para hoje a pandemia de hoje

Comentários

  • Jose -

    É que a corja de políticos estava preocupada com a pandemia faLava Jato.

  • Roosevelt -

    Mudar a história não é simples. As controvérsias no combate ao covid19 são enormes. Aglomeração (Carnaval), Bloqueio de Fronteiras, Pico, etc Isolamento Radical ? Mas, a politicagem ajudou o virus.

  • Luiz -

    Sem planejamento. Um governo amador.

Ler 24 comentários