ACESSE

Eventual redução da pena de Lula pode soltá-lo neste ano

Telegram

Uma forte aposta dentro do STJ é pela redução da pena de Lula no julgamento de hoje do recurso contra a condenação no caso do triplex.

Uma das estratégias da defesa, como já informamos, é eliminar o crime de lavagem de dinheiro, sob o argumento de que não houve tentativa de esconder a vantagem indevida.

Se os ministros da Quinta Turma acolherem essa tese, a pena do ex-presidente passaria de 12 anos e 1 mês para 8 anos e 4 meses, que corresponde somente à pena por corrupção.

Se for essa a única redução, Lula poderia progredir para o semiaberto ainda neste ano, em agosto, após o cumprimento de 1/6 da pena (pouco mais de 1 ano e 4 meses).

Nesse regime, o preso dorme na cadeia, mas como faltam estabelecimentos desse tipo de prisão, a Justiça pode conceder o benefício da prisão domiciliar, especialmente se o condenado for idoso.

Atendendo a pedidos: os negócios da família Lula da Silva. CONFIRA

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 61 comentários