Ex-assessor de Cunha contratado por Queiroga tem atenção especial do governo Bolsonaro

Carlos Henrique Sobral ganhou vaga no Conselho Fiscal do Sesc e cargo no Ministério do Desenvolvimento Social antes de ir para a Saúde
Ex-assessor de Cunha contratado por Queiroga tem atenção especial do governo Bolsonaro
Foto: Ministério do Turismo

Nomeado assessor especial de Marcelo Queiroga no Ministério da Saúde nesta terça-feira, 11, Carlos Henrique Menezes Sobral tem recebido atenção especial do governo Jair Bolsonaro desde janeiro de 2019, relata Helena Mader na Crusoé.

Homem forte do MDB e ex-assessor de Eduardo Cunha, Sobral foi também chefe de gabinete de Geddel Vieira Lima na Secretaria de Governo, durante a gestão de Michel Temer. Em abril, O Antagonista antecipou a sua nomeação.

No governo Bolsonaro, o afilhado de Cunha e Geddel ganhou cargo no Ministério do Desenvolvimento Social e vaga no Conselho Fiscal do Sesc, com jetom de R$ 21 mil por reunião, antes de virar assessor de Queiroga.

LEIA MAIS na Crusoé; assine a revista e apoie o jornalismo independente.

Leia mais: Assine a Crusoé, a publicação que fiscaliza TODOS os poderes da República.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO