Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Ex-assessor de Trump é ouvido pela PF em inquérito sobre "milícia virtual"

Oitiva foi realizada hoje cedo por determinação de Moraes, que suspeita de participação externa nos ataques contra o Supremo e o sistema eleitoral
Ex-assessor de Trump é ouvido pela PF em inquérito sobre “milícia virtual”
Reprodução

Por determinação de Alexandre de Moraes, a Polícia Federal ouviu hoje de manhã o empresário americano Jason Miller, o ex-assessor de Donald Trump com quem Jair Bolsonaro se reuniu no domingo. 

Ele foi detido no aeroporto de Brasília, quando embarcava de volta aos Estados Unidos, e a oitiva ocorreu no âmbito do inquérito 4874, no qual foi preso o ex-deputado Roberto Jefferson.

Segundo Moraes, Jefferson integraria o “núcleo político” de uma organização criminosa que atua para “desestabilizar instituições republicanas”, utilizando-se de uma “rede virtual de apoiadores que atuam de forma sistemática, para criar ou compartilhar mensagens que tenham por mote final a derrubada da estrutura democrática e o Estado de Direito no Brasil”.

Miller criou a rede social Gettr, depois que Trump foi banido das plataformas tradicionais por ter incentivado a invasão do Capitólio. O Gettr tem hoje 2 milhões de seguidores, dos quais 13,5% são do Brasil.

O empresário participou, no fim de semana, da CPAC Brasil, versão bananeira da cúpula conservadora americana — aqui, ela é organizada por Eduardo Bolsonaro, que esteve semanas atrás nos EUA com Steve Bannon.

O ex-estrategista de Trump virou guru do bolsonarismo ideológico, que está por trás dos ataques em massa contra autoridades, jornalistas e rivais políticos.

Recentemente, em decisão do TSE que desmonetizou 14 canais bolsonaristas, a PF afirmou que a rede de apoiadores do presidente da República, envolvida em ataques às urnas eletrônicas, usa a mesma estratégia das eleições de 2016 do republicano.

Um dia depois da reunião de Miller e Bolsonaro, o presidente da República editou a MP que restringe o poder das redes sociais de excluírem conteúdo considerado em desacordo com as normas de suas comunidades.

Durante a oitiva, Miller permaneceu em silêncio.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....