ACESSE

Ex-braço direito de Cabral continua recebendo salário como procurador

Telegram

Ex-chefe da Casa Civil de Sérgio Cabral e preso duas vezes pela Lava Jato, Régis Fichtner continua recebendo seu salário como procurador do estado normalmente, informa Lauro Jardim.

Fichtner recebe mensalmente cerca de R$ 25.500 líquidos por serviços não prestados, e seu salário bruto é de quase R$ 43 mil.

A Procuradoria do Estado do Rio abriu uma sindicância sigilosa contra o ex-secretário de Cabral em fevereiro do ano passado, quando aconteceu a segunda prisão, mas até hoje o processo não foi concluído.

Segundo a Procuradoria, Fichtner continua recebendo salário “por força da decisão judicial que o afastou cautelarmente do cargo”.

Leia mais: Convite especial: garanta seu acesso à Crusoé e O Antagonista+ e GANHE um ebook sobre Sergio Moro. Clique e saiba mais

Comentários

  • Rogério -

    O Rio de Janeiro está completamente abandonado. Tanto a cidade quanto o Estado. Pesquisem sobre a Gloria Heloiza, é candidata à Prefeitura do Rio para o ano que vem, e acredito que é nossa melhor

  • ☣MAÇÃNARIAcancer -

    Adevogado quadrilheiro???cheio de mordomias e favores do jyd@$$!Ário.?? Corto minha orelha se nao for MAÇOM MAFIOSO!!!

  • Noely -

    Inominável.

Ler 6 comentários