Ex-candidato a deputado, caminhoneiro defende adesão a protestos do dia 26

Telegram

Lideranças de caminhoneiros se organizam para aderir ao movimento de apoio a Jair Bolsonaro, no domingo 26.

Em São Paulo, eles prometem tomar as marginais Pinheiros e Tietê. “A estratégia é manter o fervo da campanha”, diz Ramiro Cruz, que foi candidato a deputado federal pelo PSL.

“Vocês do Antagonista, melhor do que ninguém, expõem esses conchavos criminosos do Centrão. Estão armando para o capitão. Não podemos deixá-lo sozinho, encastelado.”

O Antagonista+: podcasts exclusivos com os comentários e análises de Diogo Mainardi, Mario Sabino, Claudio Dantas, Diego Amorim e Renan Ramalho. CONFIRA

Segundo ele, os protestos do dia 26 são um “aviso”.

“Se até 30 de junho não votarem o texto da Previdência, a MP 871 do INSS, o pacote anticrime do Moro e os diversos pedidos de impeachment de ministros do Supremo, a gente vai subir e cercar Brasília.”

 

 

Comentários

  • Odilon -

    O povo tem que dar apoio aos caminhoneiros , esse políticos safados , hienas da população tem que ter uma lição , se não aprender por bem, vão aprender por mal , eles foram eleitos pra ajudar o

  • Marcos -

    Concordo plenamente com Ramiro, não existem motivos para a manutenção do legislativo e judiciário brasileiros. São os tribunais do CRIME.

  • Walmir -

    Mas é muito otário kkk O preço do diesel baixou né!?

Ler 142 comentários