Ex-colega de Bolsonaro nas Agulhas Negras é cotado para chefiar Exército

O general-de-exército Edson Leal Pujol, 63, é considerado por oficiais como o nome natural para substituir Eduardo Villas Boas, 66, que deixará o comando do Exército em dezembro, informa a Folha.

Ex-comandante das forças da paz da ONU no Haiti, Pujol apareceu no noticiário em setembro de 2017, quando sugeriu que os insatisfeitos com a situação política do país fossem para a rua “ordeiramente”.

Gaúcho de Dom Pedrito, Pujol é o oficial mais antigo entre os 17 generais-de-exército, conhecidos como “quatro estrelas”, que estão na ativa.

Oficiais o consideram um “liberal”, um “democrata” para os padrões militares e um dos generais com melhor formação. Tem boas relações com Jair Bolsonaro, de quem foi colega na Academia Militar das Agulhas Negras, nos anos 70.

Haddad x Bolsonaro: o que a grande imprensa não conta para você? Saiba mais AQUI

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

Ler mais 64 comentários
  1. Beleza, Bolsonaro se cercando de gente correta, inteligente e produtiva pode fazer um governo de primeira linha para o Brasil. ” BOLSOBARO abra as entranhas do BNDES, BB, CAIXA!!! FUNDOS….

    1. Poderia mesmo voltar ao BNDES de onde saiu por se negar a fazer as maracutaias que lhe queriam impor. Boa lembrança!

  2. Está no hora do Bolsonaro lançar o nome de uma mulher. Tem que ser antes do eventual 2º turno. Sta deve ser uma questão estratégica e prioritária para reforçar sua popularidade no eleitorado f

  3. A intervenção esta chegando por vias democráticas.Pelo voto teremos novamente um Brasil governado por militares,com ética ,moral e civismo…Ufa…Demorou mas a ordem e o progresso restaurados est

  4. Geralmente, os quatro primeiros do curso da AMAN acabam sendo generais, vivem estudando e em missões pelo mundo. Suas promoções ocorrem bem mais rápido, quanto mais condecorações mais rápido.

  5. Eu tenho minhas dúvidas se BOSTAnaro realmente foi aluno da academia Agulhas Negras. O exame de adesão para a AMAN é muito difícil e BOSTAnaro é um imbecil. Não casam…kkkkkk

    1. Vá estudar asno, antes de falar merd@!!! MAV, lixao!!!! Agora é Bolsonaro porr@ presidente 2018 1.turno 🇧🇷 1️⃣7️⃣🇧🇷

    2. No Kú da Puta que Lhe pariu, uma égua, passou pica de jumento de saco cheio, nasceu você, cagado, sujo, verme, bosta inútil. Nem filho de puta é, é mesmo filho de égua com jumento.

    3. Ele veio da Escola Preparatória de cadetes do Exército, que lhe deu direito a ingressar na AMAN. Ele não é imbecil como o psicopata Lula, ou a idiota Dilma. Humildes reconhecessem limitações.

    4. Foi um certo Rei , na Itália, dizem por lá, que era o que tinha o nível mais baixo, mas foi o único que conseguiu unificar o país..!! Você é do tipo: me engana q eu gosto…Maluf…!!!

    5. Foram 28 vagas para mais de 40.000 candidatos. Realmente, tem que ser inteligente para ser oficial do exército. Agora, pra ficar escrevendo besteiras na internet não.

  6. A Mídia de esquerda 247 começou o ataque a Bolsonaro. O site pede para os seguidores divulgarem os 5 modos de derrotar Bolsonaro. Um absurdo atrás do outro. Pregam que os praças das FA virem gener

    1. Joice Hasselmann 1771, Janaína Paschoal 17317. Vote em nossos Senadores 177 e em Jair 17. Vote também Governador RJ 20 Wilson.

  7. militares para os cargos mais importantes, para impor respeito e patriotismo contra esta ORCRIM asquerosa que se apoderou do poder. Eles não respeitam a justiça, quem sabe os militares eles temam.

  8. O general Pujol foi o 1º colocado de sua turma de cavalaria da AMAN; o 1º da Escola de Aperfeiçoamento de Of. (EsAO) e também 1º na Escola de Comando e Estado-Maior (ECEME)! Formaram-se juntos!!

    1. Geralmente, os quatro primeiros da AMAN acabam tornando-se generais. A vida deles é estudar, nem chegam a comandar tropas.

    1. aqui são mortos assassinados 63 mil por ano, nas filas dos hospitais muito mais. temos uma ditadura de esquerda GENOCIDA.

  9. Venezuela desarmou a população em 2014, hoje pessoas inocentes que discordam do governo são cassadas como animais. Sem o apoio de lula, Maduro teria perdido. Mas a Globo está preocupada com Bolson

  10. Em 21 de setembro de 2014, o Maduro gasta 47,6 milhões de dólares para desarmar a população. Anos antes, o governo criou milícias armadas. Hoje na Venezuela, pessoas estão sendo cassadas como an