Ex-conselheiro do TCE-SP é acusado de receber R$ 2 milhões em propina

O MP-SP denunciou Eduardo Bittencourt Carvalho, ex-conselheiro do Tribunal de Contas do Estado, sob a acusação dos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro, informa a Folha.

Segundo o promotor Marcelo Mendroni, Bittencourt cobrou e recebeu R$ 2 milhões em propina para tomar decisões favoráveis ao consórcio das empreiteiras Camargo Corrêa e Andrade Gutierrez em um lote da obra da Linha 5-Lilás do Metrô.

A denúncia baseou-se em depoimentos e documentos entregues por executivos da Camargo Corrêa que fecharam acordo de delação premiada.

Bittencourt, que chegou a presidir o TCE-SP, foi afastado do tribunal pela Justiça em 2011, acusado de enriquecimento ilícito: ele acumulou um patrimônio de R$ 50 milhões, incompatível com seu salário, segundo o MP.

A defesa do ex-conselheiro não se manifestou.

Comentários

  • Paulo -

    E onde estão esses 50 milhões? Trate de reaver essa grana, MPE!

  • nome -

    Alguém conhece algum juiz condenado e preso ?

  • Rogemon -

    Esses tribunais de contas de SP são nada mais que balcões de venda de favores. Fechem essas inutilidades! Ponham na rua esse bando de vagabundops desprezíveis! Estado menor já!!!!!!!!!!

Ler 14 comentários