Ex-diretor diz que Jucá recebeu R$ 5 milhões da Odebrecht

Claudio Mello Filho, ex-diretor de Relações Institucionais da Odebrecht, voltou a afirmar em novo depoimento que a empreiteira pagou R$ 5 milhões a Romero Jucá, informa o Estadão.

Segundo o delator, o repasse foi definido por Marcelo Odebrecht e reflete a “importância política” de Jucá e “sua histórica relação com a empresa”.

Temas relacionados:

Comentários temporariamente fechados.

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Ler mais 16 comentários
  1. “Nota de apoio antagonista ao Cajú” o Romero jucá (codinome cajú) é um sujeito honrado, sempre muito competente e honesto em todos os cargos públicos a quem lhe foi confiado.
    Assina a nota:
    Diogo mainardi
    Felipe Moura Brasil
    Mário sabino
    Cláudio dantas.

  2. Esse traste é um descarado, um ladrão que tem a sorte de ser blindado pela turma da lava jato em todas as esferas do judiciário (ou seria blindagem a jato?).

  3. Sou a favor do escracho, da vaia, da humilhação pública. Sem violência física, só dedo na cara e impropérios. Na frente de todo mundo, no saguão do aeroporto, no restaurante, no cinema, no teatro, no shopping. Corrupto vagabundo não pode ter paz. É o que nos resta. Xingar essa gente é dever cívico!

  4. Em uma reunião com sindicalistas, o Santo teve a audácia de criticar o fim do famigerado (roubalheira) imposto sindical, uma das poucas coisas boas da reforma trabalhista.
    Que fique registrado.

  5. Novidade !
    Caju é um dos Chefes da Orcrim , da Máfia do PMDB , saqueia as Estatais
    brasileiras , desde o século passado , junto com PT e PSDB , PP . . .
    Queremos é PROVAS , para pôr esse crápula na cadeia .
    Mas , pior que ele são seus eleitores .

  6. Não entendo o Estadão e seu editorialista! Eles se conversam??? Jucá estancou a sangria com Temer, com o STF, com tudo! E o editorialista defende Temer! QUAL É A DO ESTADÃO???

  7. O senador afirma, que jamais recebeu, nem autorizou ninguém a receber nada em seu nome, e que todas as suas contas de campanha, foram aprovadas pela justiça eleitoral. Diz ainda tratar.se de história fantasiosa de elemento querendo se beneficiar acusando pessoas honestas. E o STF engole né? Fazer o quê? 🇧🇷🚾