Ex-gerente da Petrobras diz que não consegue devolver propina

Telegram

Demarco Jorge Epifânio disse a Sérgio Moro não estar conseguindo fazer a operação bancária para devolver mais de US$ 188 mil que estão numa conta no Panamá.

Segundo os advogados do ex-gerente da área internacional da Petrobras, vários bancos brasileiros não autorizam a operação “por ordem da gerência”.

A defesa de Epifânio pediu a Moro que envie ofício à Caixa ordenando que se faça o depósito do cheque administrativo para o pagamento do valor, informa o G1.

 

Comentários

  • Cirval -

    Juiz Moro, é só verificar o extrato dessa conta e verificar para onde foi o resto.

  • Maria -

    Bancos brasileiros só fazem a saída do dinheiro para o Panamá. Querer devolver o dinheiro roubado eles não aprovam. Tem lógica.

  • Flavio -

    Uai? Não entendí? Não consegue, é?

Ler 17 comentários