Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Ex-GSI defende legalização das drogas

Criador da Abin e da Secretaria Nacional Antidrogas, o general da reserva Alberto Mendes Cardoso defende a legalização das drogas a partir de 2034, após uma forte campanha educativa contra o consumo.

Ao portal UOL, o militar, que chefiou o Gabinete de Segurança Institucional (GSI) no governo de Fernando Henrique Cardoso, disse calcular que o mercado ilegal movimenta R$ 17 bilhões por ano no Brasil e que a legalização não interessa a agentes públicos corruptos.

“Uma grande quantidade de pessoas envolvida nisso aí não quer nem pensar em legalização porque a lucratividade do seu crime depende muitíssimo da situação de ilegalidade da atividade […] Quem é que ganha com isso? Só o traficante e o usuário? Nessa cadeia tem muito suborno”.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO