Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Ex-médico da Prevent revela recomendação: “Toma o kit Covid e vai embora”

Neto declarou que essa orientação foi adotada após vários estudos terem descartado a eficácia da cloroquina para o tratamento de Covid
Ex-médico da Prevent revela recomendação: “Toma o kit Covid e vai embora”
Reprodução/TV Senado

O ex-médico da Prevent Senior Walter Correa de Souza Neto afirmou há pouco à CPI que os profissionais eram obrigados a prescrever o chamado kit Covid a todos os pacientes.

“A gota d’água para minha demissão diz respeito a algo que virou uma produção em série de distribuição de kits [Covid]. O paciente só ia passando pelos enfermeiros, que já estavam com o kit pronto e iam entregando. Não havia mais uma avaliação adequada do paciente. Chegou com sintoma gripal: ‘toma o kit e vai embora’”, declarou.

Neto declarou que essa política foi adotada pela empresa inclusive em dezembro do ano passado, quando vários estudos já haviam descartado a eficácia da cloroquina para o tratamento de Covid.

“Uma vez fui chamado pelo diretor do plantão, ele fez uma apresentação do kit Covid, isso em novembro ou dezembro. E ele foi muito claro: ‘Tem que prescrever’. Eu pensei: ‘Tudo bem” e voltei a prescrever. Mas orientava os pacientes e dizia: ‘Não usa [os remédios], só usa as vitaminas’”.

“A imposição da empresa pela agilidade induzia os médicos as vezes a simplesmente deixar o atendimento a cargo do enfermeiro e ficar rodando os consultórios para carimbar e assinar. Alguns colegas chegavam ao absurdo de fazer carimbos extras e deixar com os enfermeiros”, declarou.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO