Ex-ministro de Dilma é flagrado furtando cones de trânsito

O advogado Fernando de Magalhães Furlan está sendo investigado pela Polícia Civil do Distrito Federal por ter furtado dois cones de sinalização usados para isolar uma área ao lado de um prédio em Brasília, informa o Correio Braziliense.

Furlan, que foi ministro interino do Desenvolvimento por cerca de um ano no governo Dilma Rousseff, já presidiu o Cade e hoje é analista no STF com salário bruto de R$ 26,2 mil.

Ele foi flagrado por câmeras de segurança colocando os cones no porta-malas de um carro, na manhã do último sábado (22). O caso foi parar na polícia após a administração do prédio registrar a ocorrência.

Ouvido pelo site Metrópoles, o ex-ministro alegou que estava ensinando a filha a dirigir e pegou os cones “emprestados” para que ela treinasse baliza. “Não tinha a intenção de ficar com os cones e iria devolvê-los em seguida, como devolvi.”

Leia mais: CENSURA À IMPRENSA: O EXEMPLO QUE VEM DO SUPREMO
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 85 comentários
TOPO