Ex-número dois da Integração entrega o chefe

Mario Ramos Ribeiro, ex-secretário-executivo do Ministério da Integração, acusa o ministro Antônio de Pádua de ter acobertado um esquema fraudulento que beneficiou a empresa RSX – a mesma que levou à demissão do chefe do INSS.

Segundo o Globo, Ribeiro entregou à Controladoria-Geral da União um relatório de 59 páginas em que narra como dois subordinados, protegidos pelo ministro, criaram um “um sistema paralelo de governo dentro do Ministério da integração, com ênfase em procedimentos licitatórios ilícitos, através do lançamento de atas e adesões a atas sem nenhum trânsito na Secretaria-Executiva”.

Assim como Ribeiro, um analista de TI da Embratur denunciou pressões do diretor Daniel Vesely para contratação da mesma RSX. Vesely acabou preso na Operação Registro Espúrio, que investiga venda de cartas sindicais no Ministério do Trabalho.

 

Temas relacionados:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

  1. O petralhte veadaço e burro de dar dó chamado Lucas Silva e que é empregadinho contratado pelos Antas para “inflar” de asneiras a área de comentários, continua por aqui fazendo a merda de sempre! FDP!

Ler mais 5 comentários
  1. O petralhte veadaço e burro de dar dó chamado Lucas Silva e que é empregadinho contratado pelos Antas para “inflar” de asneiras a área de comentários, continua por aqui fazendo a merda de sempre! FDP!

  2. Apesar do nome, Vasely não escapou da prisão. Será que um dia saberemos o quanto somos roubados pela administração deste país? Quando é o Congresso terá coragem de endurecer com a corrupção??

  3. bolsonaro neles. corruptos ladrões traficantes. assassino de mulheres, fraudadores de licitação BOLSONARO fará a limpa. fim de privilégios, fim de nomeados. sem concurso