ACESSE

Ex-PGR defende o golpe na Lava Jato

Telegram

A defesa de Pedro Paulo Carvalho e Eduardo Paes chamou o ex-procurador-geral da República Aristides Junqueira para falar no julgamento que poderá dar um golpe na Lava Jato.

Chefe do Ministério Público de 1989 a 1995, ele defenderá a tese de que a Justiça Eleitoral deve receber os casos em que se apura caixa 2, um delito eleitoral, com outro crime comum associado, como corrupção e lavagem de dinheiro.

Outros advogados de luxo de investigados na operação estão em peso no plenário do STF para acompanhar o julgamento.

Hoje tem golpe no STF? Leia aqui

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 22 comentários