Ex-porta-voz de Temer representará chanceler de Bolsonaro em Davos

Ernesto Araújo decidiu também não comparecer à edição deste ano do Fórum Econômico Mundial em Davos, na Suíça, na próxima semana, informa Igor Gadelha na Crusoé.

Segundo o Itamaraty, ele será representado pelo embaixador do Brasil junto à OMC, Alexandre Parola, que foi porta-voz de FHC e Michel Temer.

Leia:

Duas investigações em andamento podem tirar Renan Calheiros da zona de conforto. CONFIRA

Ex-porta-voz de Temer representará chanceler de Bolsonaro em Davos

Comentários

  • Idgar -

    Você ser porta-voz e ter o sobrenome 'Parola' é piada pronta ou não é..?

  • HUGO -

    É um alívio saber que ficamos livres de passar vergonha com as bobagens do chanceler olavista. Pena que, além de Paulo Guedes, o Brasil não seja representado também pelo Vice Hamilton Mourão.

  • Eduardo -

    Ainda bem. Sem Bolsonaro e Ernesto "Deus de Trump" Araújpo em Davos, evitam-se vexames, constrangimentos e danos à imagem e negócios do Brasil.

Ler 5 comentários