Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Ex-presidente da Anvisa critica prazo de 60 dias para aprovação de vacina

Ex-presidente da Anvisa critica prazo de 60 dias para aprovação de vacina
Foto: Edilson Rodrigues/Agência Senado

William Dib, ex-diretor-presidente da Anvisa, disse à Folha considerar excessivo o prazo de 60 dias estimado por Eduardo Pazuello para a certificação de qualquer vacina contra a Covid-19.

É excessivo esse prazo, e contraria o decreto presidencial de que a questão [da] Covid é prioritária. Não pode nenhum processo passar na frente. [Estimar] 60 dias é temeroso”, afirmou Dib, que comandou a agência até dezembro do ano passado.

O ex-diretor condenou a politização da doença no Brasil, mas destacou que, “agora que a vacina é uma realidade, não podemos imputar culpa aos técnicos da Anvisa por um possível retardamento [na autorização]“.

Dib, que teve vários embates com o governo de Jair Bolsonaro em sua gestão, também criticou João Doria –por estar politizando a questão e anunciar a imunização antes da autorização da agênciua– e a falta de preparação para a distribuição de vacinas no Brasil.

Não estamos vendo um planejamento coerente. Ainda vamos dar muita cabeçada”.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....