Ex-presidente do STF vê motivo para o impeachment

Carlos Velloso foi ministro do STF por 16 anos, tendo presidido o tribunal entre 1999 e 2001. Em entrevista ao Correio Braziliense, primeiro deixou claro que era contra o impeachment de Dilma:

“Fui um dos primeiros a dizer e a afirmar, quando se falava em impeachment, que não havia, até então, motivos para o impeachment.”

Seu entendimento, no entanto, mudou após a decisão do TCU no último 7 de outubro.

“Mudei meu entendimento tendo em vista a decisão do Tribunal de Contas da União. O TCU reconheceu aquilo que foi apelidado de ‘pedalada’ — aquelas operações que consistiam, em síntese, no fato de a Presidência ter obrigado e submetido um banco estatal a pagar dívidas do governo do Estado, o que é proibido pela Lei de Responsabilidade Fiscal. Então, a partir daquele momento, penso que surgiu um motivo determinado para o impeachment.”