Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Ex-presidente do TSE critica proposta de urna eletrônica com voto impresso

Para Nelson Jobim, junção dos dois sistemas é uma 'cruza de jaguatirica com cobra d’água', e mudança pode provocar problemas no processo eleitoral
Ex-presidente do TSE critica proposta de urna eletrônica com voto impresso
Foto: Antonio Cruz/Agência Brasil

Nelson Jobim, ex-presidente do STF e do TSE, sócio de André Esteves no BTG Pactual, defendeu nesta quinta-feira (17) em audiência pública na Câmara a manutenção do sistema de urna eletrônica sem adoção de comprovante de voto impresso, registra o Estadão.

Jobim disse que discorda da proposta de mudança e comparou a junção dos dois sistemas a uma “cruza de jaguatirica com cobra d’água”.

O ex-presidente do TSE também se disse preocupado com problemas no processo eleitoral advindos da eventual alteração do atual sistema.

“Essa comissão é um grande lugar para trabalhar no avanço da segurança da urna eletrônica. Mas não se terá a segurança da urna eletrônica no voto impresso. Vão criar outros problemas. Piores problemas com a possibilidade da fraude”, avaliou ele, que também foi ministro da Justiça no governo FHC e titular da Defesa nos governos Lula e Dilma Rousseff.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO