Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Ex-presidentes da Câmara lamentam morte de Mozart Vianna

Eduardo Cunha, Aécio Neves e Arlindo Chinaglia homenagearam o ex-secretário geral da Casa
Ex-presidentes da Câmara lamentam morte de Mozart Vianna
Reprodução/TV Câmara

Ex-presidentes da Câmara dos Deputados lamentaram a morte do ex-secretário-geral Mozart Vianna nesta segunda-feira (7).

No Twitter, Eduardo Cunha (MDB), que trabalhou com Vianna entre 2013 e 2015, disse que o ex-colega era um profissional respeitado por todos.

“Acabo de tomar conhecimento do falecimento do ex secretário geral da mesa da Câmara, Mozart Vianna, profissional muito respeitado por todos nós, tendo também trabalhado comigo, antes de sua aposentadoria.”

Em nota, Aécio Neves (PSDB) disse que se orgulha do tempo em que trabalhou ao lado de Vianna.

O Brasil perde um servidor público exemplar. Altamente preparado, dedicado e discreto, por onde passou Mozart deixou amigos e admiradores entre os quais me incluo. Me orgulho muito dos vários anos em que trabalhamos juntos. Que Deus possa confortar seus familiares e amigos.”

Durante sessão da comissão do voto impresso, Arlindo Chinaglia (PT) enalteceu a capacidade do ex-secretário e os respeito que ele tinha de todos os parlamentares.

“Sua integridade, sua capacidade, a coragem de enfrentar várias situações, seu conhecimento. Dos parlamentares que tiveram a oportunidade de conhecê-lo, eu não conheço ninguém que não o respeitasse.” 

Leia mais: Assine a Crusoé e apoie o jornalismo independente.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO