ACESSE

Ex-procurador Carlos Fernando diz que ação de hacker tem 'objetivo claro de libertar Lula'

Telegram

O ex-procurador da Lava Jato Carlos Fernando dos Santos Lima, que aparece em conversas de celular vazadas, acredita que os ataques sejam parte de “uma campanha orquestrada”, com “objetivo claro de libertar Lula”.

Em entrevista ao Estadão, Carlos Fernando afirmou que desconhece “completamente as mensagens citadas, supostamente obtidas por meio reconhecidamente criminoso. O ‘órgão jornalístico’ volta-se contra mim, aparentemente incomodado pelas críticas que tenho feito ao péssimo exemplo de ‘jornalismo’ que produz.”

E acrescentou:

“É um ataque covarde e criminoso, perpetrado por uma organização criminosa que, valendo-se de um jornalista ideologicamente comprometido e leniente, pois até agora não explicou como isso tudo veio parar em suas mãos, nem como procurou aferir a veracidade, autenticidade e integralidade das conversas, consegue criar esse falso drama com conversas pinçadas segundo o objetivo claro de libertar Lula.”

Ataque a Moro e à Lava Jato é fruto de ação hacker ampla e estruturada. Saiba mais

Comentários

  • Carmen -

    Além de provavelmente chantagear o supremo: quem não libertar Lula... estará ferrado!

  • Regina -

    Por favor, não chamem esse calhorda do Green de jornalista. Pode até dizer 'advogado' (que ele diz ser), ou qualquer outro apelido. No mais, o objetivo é esculhambar ainda mais a já esculhambada nação

  • Avelino -

    Conversa fiada , parem de tanto disse me disse .Lula está preso vamos aos fatos , moro foi desonesto portanto tem que responder pelo comportamento raso o que interessa e que a lava jato continue....

Ler 38 comentários