Ex-procurador-geral do Rio barrava investigação em véspera de ‘eventos políticos’

O ex-procurador-geral de Justiça do Rio Cláudio Lopes, preso na última quinta-feira, “fazia diversas intervenções” junto à equipe da Coesf.

A afirmação é de uma promotora do Ministério Público do Rio:

“Em diversas ocasiões, a partir de 2009, a depoente pôde perceber que o então PGJ, Cláudio Lopes, fazia diversas intervenções junto à equipe da Coesf sempre procurando saber informações acerca do andamento das investigações que envolviam secretarias estaduais, muitas vezes solicitando que o andamento das investigações aguardasse eventos políticos importantes acontecerem, tais como, votação de orçamento, eleição para governador etc., notadamente nas investigações da Saúde e naquelas referentes à refinaria de Manguinhos”, relatou a promotora em depoimento.

De acordo com a denúncia, Lopes recebia mesada de R$ 150 mil do esquema de corrupção montado por Sérgio Cabral.

O amigo de José Dirceu na corte de Bolsonaro. Saiba mais AQUI

Temas relacionados:

Comentários temporariamente fechados.

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Ler mais 27 comentários
  1. É assim em todos os estados da Brazuela,principalmente no estado mais populoso.A maioria dos procuradores gerais dos estados estão envolvidos em vazamento,fraude,corrupção passiva e lavagem de din

  2. A cada dia, os brasileiros tomam ciência do tamanho da “corrosão” que o PT fez ao país pensando em se manter no poder. Tipo, podem roubar à vontade contanto que não tirem do meu. O MITO chegou

    1. Acredite cara, o Rio não é o pior… Só q tem mais visibilidade… Mas, logo vc verá q nos estados do nordeste, a roubalheira é ainda maior. São somente 2 ou 3 famílias mandando no estado todo.

    2. Pode estender ao país cara, não há nada que aconteça no RJ que não exista no restante do país. Raciocínio simplista o seu.

    1. Ptistas e esquerdopatas não fazem acusações, fazem confissões!!! Se algum dia um te acusar de comer cocô, pode ter certeza que achara muitos potinhos na geladeira dele!!! Simples assim!!!

  3. Uai! Segundo entendimento do CNJ que pediu explicações a Moro, o corregedor tá certo, perto das eleições, tem que se esconder do povo a corrupção dos governantes. Prebde Moro, solta o corregedo