Ex-secretário de Alckmin e Witzel, delegado assume segurança do Supremo

Ex-secretário de Alckmin e Witzel, delegado assume segurança do Supremo
Foto: Adriano Machado/Crusoé

Dias Toffoli nomeou para a Secretaria de Segurança do STF o delegado Paulo Gustavo Maiurino, que foi Secretário de Esporte, Lazer e Juventude do governo de Geraldo Alckmin.

Ele também ocupou a pasta de Acompanhamento de Relações Institucionais de Segurança Pública na gestão Márcio França.

Maiurino estava até a semana passada como subsecretário de Inteligência da Secretaria de Segurança do governo de Wilson Witzel. O delegado é formado em Direito pela Faculdade de Direito de Marília, terra de Tofffoli.

Ele também foi chefe da Interpol no Brasil e corregedor-geral do Ministério da Justiça.

Além de exonerar a delegada Regina Alencar da Secretaria de Segurança do Supremo, Dias Toffoli demitiu a assessora Bianca Rondineli Murad e o coordenador de Inteligência e Segurança de Dignatários, Antonio Gabriel Pucci Filho.

No lugar de Bianca, assume Marcelo de Oliveira Andrade. E Rodolfo Martins Faleiros Diniz assume o cargo deixado por Antonio Gabriel.

O STF diz que Regina pediu para deixar o cargo há alguns meses e nega que a dança de cadeiras na Segurança do tribunal tenha alguma relação com a polêmica envolvendo Rodrigo Janot, que disse ter entrado armado no STF em 2017 para matar Gilmar Mendes.

Delegada deixa comando da Secretaria de Segurança do STF

VEM AÍ A PAUTA EXPLOSIVA DO STF. Saiba mais
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO