Ex-secretário que matou pré-candidato em Minas se entrega

O secretário municipal de Obras da cidade mineira de Patrocínio Jorge Marra, autor dos disparos que mataram o candidato a vereador Cássio Remis (PSDB), entregou-se neste domingo à Polícia Civil de Minas Gerais.

Irmão do prefeito Deiró Marra (DEM), ele será ouvido hoje pelos delegados que comandam a investigação.

O assassinato ocorreu na última quinta-feira, depois que Cássio, de 37 anos, fez uma live denunciando obras irregulares da Prefeitura.

 

Leia mais: O ex-advogado dos Bolsonaro: um lobista milionário no Planalto
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 31 comentários
TOPO