Ex-secretário do Trabalho revela pressões de Jefferson

Renato Araújo, ex-secretário do Ministério do Trabalho, revelou à PGR como atuou na secretaria de Relações do Trabalho da pasta para atender a interesses de Cristiane Brasil e do pai dela, Roberto Jefferson, relata O Globo.

Araújo fechou delação premiada com a PGR, homologada pelo Supremo, e trechos dele foram anexados pela PF no relatório de 921 páginas da Operação Registro Espúrio, que investigou corrupção na concessão de registros sindicais pelo ministério.

O ex-secretário disse ter sido frequentemente acionado para atender a interesses de sindicatos que mantinham algum relacionamento político com a deputada e o pai dela.

Em seu depoimento, Araújo disse ainda que Cristiane tinha interesse em cobrar “valores” e que os sindicatos aderissem à sua futura central sindical.

A defesa da deputada nega irregularidades.

 

Comentários

  • rfm -

    Todos ladrões. Pai e Filha , roubam na maior cara de pau e a justiça nem se incomoda.Como pode dar certo , este País???

  • VerdadeIIIII -

    Roberto Jefferson é a cara do bandido carioca/brasileiro típico...!!! O nível dele é o nível de nossos políticos. Este sujeito tem que voltar para a cadeia o quanto antes...!!

  • Mais -

    Seria a Central sindical da roubalheira

Ler 7 comentários