EX-TESOUREIRO DO PT ADMITE PROPINA

A denúncia contra Paulo Ferreira, ex-tesoureiro do PT, é fundamentada em provas documentais, como contratos fictícios e notas fiscais frias, somadas a depoimentos de diversos colaboradores.

Segundo o MPF, “Paulo Ferreira era o beneficiário de recursos oriundos de empreiteiras contratadas pela Petrobras”. O próprio ex-tesoureiro “reconheceu que solicitou ao advogado operador do esquema que fizesse pagamentos no seu interesse”.

Faça o primeiro comentário