Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Ex-vereador Girão é preso em SP por morte de rival

O ex-PM reformado Ronnie Lessa, preso pela morte de Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes, também foi alvo da ofensiva
Ex-vereador Girão é preso em SP por morte de rival
Reprodução

O ex-vereador do Rio Christiano Girão foi preso pela Delegacia de Homicídios da Capital (DHC), em operação realizada em São Paulo nesta sexta-feira (30).

O ex-PM reformado Ronnie Lessa, preso pela morte de Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes, também foi alvo da ofensiva. Outros mandados de busca e apreensão estão sendo cumpridos por agentes da DHC no Rio e em São Paulo.

Girão, ex-chefe da milícia de Gardênia Azul, teria contratado Lessa para executar o ex-policial André Henrique da Silva Souza, o André Zóio, e sua companheira, Juliana Sales de Oliveira, de 27 anos, por causa de uma disputa pelo controle do território, na Zona Oeste do Rio. Os crimes ocorreram em 14 de junho de 2014.

A ligação entre Girão e Lessa é vista pela polícia e pelo Ministério Público do Rio como um passo fundamental na investigação caso Marielle. O ex-vereador foi denunciado MP-RJ pelo crime no último dia 19. Para as promotoras Simone Sibílio e Letícia Emile, que integravam a força-tarefa do caso Marielle e foram as responsáveis pela denúncia, ao provar que Girão contratou Lessa para matar Zóio, é aberta a possibilidade de o ex-PM reformado ter sido acionado para cometer crimes semelhantes, inclusive as execuções da vereadora e do motorista, em março de 2018.

Assista ao momento em que o ex-vereador Christiano Girão chegou à delegacia:

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO