Exclusivo: a ordem de Marcelo Odebrecht no propinoduto de Belo Monte

No seu depoimento ao TSE, Benedicto Barbosa Silva Júnior disse que, quando assumiu a obra de Belo Monte pela Odebrecht, no lugar de Henrique Valladares, sabia que PT e PMDB dividiam o propinoduto gerado pela hidrelétrica.

Marcelo Odebrecht, contudo, lhe ordenou que não fizesse pagamentos ao PT, apenas ao PMDB.

Benedicto citou Edison Lobão como um dos beneficiários das propinas peemedebistas.

Faça o primeiro comentário