Exclusivo: Adélio foi reprovado em entrevista de emprego 9 dias antes do atentado

O Antagonista descobriu que Adélio Bispo de Oliveira tentou arrumar emprego ao chegar em Juiz de Fora, na segunda quinzena de agosto.

Ele distribuiu seu currículo em várias empresas. No dia 28, foi chamado pelo RH do grupo Bahamas Supermercados. Na entrevista, porém, acabou reprovado.

O avaliador considerou seu discurso “muito linear, sugerindo omitir informações”.

Adélio disse ter se mudado para Juiz de Fora 12 dias antes, depois de ter morado no Sul. No formulário, obtido com exclusividade por O Antagonista, ele indicou como endereço a pensão de Aparecida Maria da Costa.

O homem que tentou matar Jair Bolsonaro contou também ter trabalhado num navio, mas não apresentou registros.

“Apresenta muita instabilidade em CTPS, chegando a trabalhar no máximo 9 meses. Não passou segurança para sua contratação. Não sugere compromisso com o ambiente de trabalho”, escreveu o avaliador.

Você sabe das novas revelações sobre o atentado a Bolsonaro? O mistério aumenta. Confira AQUI.

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

  1. Brás. disse:

    Aparecida Maria da Costa, a dona da pensão em Juíz de Fora que, por um triste "acaso", veio a falecer recentemente...

Ler comentários
  1. Rogerio disse:

    Tentou arrumar um emprego de fachada né?

  2. Karla disse:

    Cláudio Dantas, veja isso! O delegado da PF Rodrigo Morais, que preside o inquérito do esfaqueamento de Bolsonaro, já foi assessor de Pimentel, governador petista de MG. Até a PF aparelhada!

  3. Karla disse:

    Cláudio Dantas, o delegado da PF Rodrigo Morais, que preside o inquérito do esfaqueamento de Bolsonaro, já foi assessor de Pimentel, governador petista de MG. Até a PF aparelhada!!!

  4. princesa disse:

    Em uma dessas empresas ele trabalhou de 18-01-08 a 05-23-08. Parece o Lula e seus recibos de aluguel com datas de 31 de junho e 31 de novembro. :) :)

  5. Rene disse:

    Senhores Jornalistas esclareçam a Nação sobre essa eventual entrevista às vésperas da eleição. Vai que o animal inventa as coisas e depois o suicidam.

  6. Karla disse:

    Antagonistas, o delegado da PF Rodrigo Morais, que preside o inquérito do esfaqueamento de Bolsonaro, já foi assessor de Pimentel, governador petista de MG. Até a PF aparelhada!

  7. IgorFranca disse:

    Engraçado a PF procurando dinheiro do mandante na conta dele , tão fazendo agente de idiota , o fantástico gastou bastante tempo ontem legitimando o lobo solitario

  8. SPA disse:

    Ser reprovado no país nem sempre é demérito ...Vejam o caso da mais alta Corte , ela abriga um "membro" reprovado p/juiz . Quanto ao Adélio, a vocação dele é outra e mt bem remunerado .

  9. Flavio disse:

    E ainda sugerem que ele conseguiria comprar uma arma sem o estatuto do desarmamento! Quem diz isso não conhece os testes psicológicos que são submetidos!

  10. Airton disse:

    Essa tática faz parte do plano para que pareça atuar só! A ideia foi essa, e como não foi linchado, tinha advogados de plantão financiados pelo PT/pcc e ongs de direitos dos desumanos.

  11. Marcos disse:

    OK como noticia. Mas que é uma baita invasão de privacidade, não se discute.O mais importante é continuar a investigação e confirmar ou descartar de vez a motivação para o crime absurdo feito

    1. Crime de segurança Nacional. Não há que se haver publicidade, que haja luz sobre esse ser tão obscuro e controverso.

  12. Jorge disse:

    Me parece que o avaliador do supermercado é mais perspicaz e inteligente do que a Polícia Federal.

    1. Exatamente! Mas por qual razão a PF poderia parecer menos perspicaz q um avaliador sem o treinamente que tem a PF? Enquanto a PF engole a versão lobo solitario, o avaliador desconfiu d algo +?

    2. A PF está deixando muito a desejar. Na verdade, decepcionando quem neles confiava.

  13. Jorge disse:

    Se esse sujeito tivesse sido pago para executar Bolsonaro, estaria procurando empregos?

  14. Alessandro disse:

    Se não fica muito tempo empregado como pode ter 12 mil reais de fgts ? Pq fez curso de tiro na .38 florianopolis, mesmo stand dos filhos do Bolsonaro ?

  15. Adriana disse:

    Mas o dinheiro não faltava... Ou seja, era bancado e trabalhava às vezes só pra disfarçar. Tá na cara.

  16. Alexandre disse:

    Falando em desemprego, o que fará Geraldo DERSA Alckmin após a sua derrota humilhante nas eleições que estão bem próximas? Ele não tem mais fórum privilegiado...

  17. R2 disse:

    Chegou na cidade dias antes do crime e tentou montar alguns álibis. Não se iludam! Vamos ao que, realmente, interessa: os advogados, quem paga?

  18. ana disse:

    Eles se livraram de um assassino! Devem estar dando graças a Deus!

  19. Presidente-XVII disse:

    Isso aí é uma alcateia, não um lobo solitário. Confio na tropa, nos peritos, nos legistas, nos investigadores, nos agentes que vão às ruas... mas nas autoridades nomeadas... sem concurso...

  20. Edu disse:

    apaga o telefone dos coitados que empregaram esse miseravel...

  21. MIMIMI disse:

    Ele dará uma entrevista acusando o PSL contra o Bolsonaro?

    1. Com certeza investiguem Maria do Rosário e deputado Jean Willis e vão chegar no fio da meada

  22. Rosa disse:

    É bem o tipo de eleitor do Lula ladrão. Vivia de seguro desemprego. É um safado mesmo, além de criminoso. Como pode alguém pagar para defende-lo. Com certeza ele só vai mentir nas entrevistas.

  23. RENATO disse:

    Entao, estao fazendo um teatro para abafar que esse marginal agiu com orientaçao de algum grupo radical dentro do PSOL (lá nao falta radical, vide Boulos). Vai dar em nada, cheira pizza

  24. claudio disse:

    Assim seria Luis Inácio da Silva, se não fosse o sindicato!

  25. Almanakut disse:

    E a PF disse que ele tem 12 mil reais na conta, proveniente de recisões, seguro desemprego e FGTS!

  26. PT-A-Núvem-de-Gafan disse:

    Adélia é hoje o que Dilma foi no passado, não serve para nada que não seja terrorista político de fácil contratação pela esquerda criminosa. Voltando o PT ele poderá ser presidente em alguns

  27. Karla disse:

    Cláudio Dantas, enviei por email para você e Crusoé. O delegado da PF Rodrigo Morais, que preside o inquérito do esfaqueamento de Bolsonaro, já foi assessor de Pimentel, governador petista de MG.

    1. Google informa : Delegado Rodrigo Morais Fernandes, tem sob seu comando a assessoria de Integração das Inteligências do Sistema de Defesa Social.

    2. putsss.... dai nao tem como isso ir para frente mesmo!

  28. Marcelo disse:

    Essa é a militância democrática que a esquerda angaria para suas manifestações, a do tipo que esfaqueia adversários e ainda é recebida em gabinetes da Câmara.

  29. Damaris disse:

    Ele não. Ele nunca. 90 % dos meus amigos e conhecidos ( tenho quase 2000 no facebook) jamais votarão nesse Coiso. Not him

  30. 🇧🇷 disse:

    https ://bhaz. com.br/2016/06/03/pimentel-nomeia-mais-um-policial-federal-e-se-cerca-de-delegados-da-pf-no-governo/

  31. Almeida disse:

    Tudo indica que ele seja matador de aluguel e arruma uns empregos só para esquentar a carteira, para uma provável abordagem policial.

  32. El disse:

    Já vi perderem eleição por falta de dinheiro, mas ganhar eleição sem dinheiro e vestido de pijama é a 1 vez, #Bolsonaro17 + ️FAA + ️UA + ️srael (1 TURNO)😉😂😂😂

  33. OBSERVADOR disse:

    Melhor currículo do que o ex-Presidente torneiro mecânico!

  34. 🇧🇷 disse:

    DILMA e PIMENTEL devem estar por trás disso.

    1. 🇧🇷 disse, em 24 de setembro de 2018 às 12:44: "DILMA e PIMENTEL devem estar por trás disso". E o Zé Dirceu por trás dos dois. Tramou com Aécio, que acertou com Temer os "finalmente"

  35. jc.pompeu disse:

    Policia Federal do ministro Jungmann tem que investigar e arrolar o pobre RH do supermercado...

  36. Leonardo disse:

    O cara nem organizou o CV direito...